BBB 23 já faturou milhões antes de estrear

By

O BBB 23 deve estrear apenas em janeiro de 2023, mas a Globo já comemora o recorde de faturamento com o programa.

A informação é do jornalista Gabriel Vaquer, do Notícias da TV, segundo quem a emissora acaba de vender mais dois patrocínios. No total, já são 13 empresas anunciando no programa. Somados todos os anunciantes, a Globo já teria garantido R$ 800 milhões.

Mas haverá uma troca de cadeiras entre os anunciantes. No lugar das Lojas Americanas, que dominou o mercado das duas últimas edições, entrará Carrefour. A rede de supermercados pagou R$ 29,5 milhões para ocupar o posto.

As Americanas não deixará o reality, mas anunciará de uma outra forma.

Outra empresa que estará presente no BBB 23 será a Zé Delivery, que pagou R$ 37,2 milhões para anunciar no top de 5 segundos da abertura do reality durante os 50 primeiros dias. Durante os dias restantes, o top de 5 segundos será oferecido pela Chevrolet, que pagou R$ 37,7 milhões pelo espaço. Com essa divisão, a Globo conseguiu arrecadar ainda mais.

Três empresas compraram a cota master, a mais cara da atração: a própria Americanas, o frigorífico Seara e a marca de maquininhas de cartão de crédito Stone. cada uma delas desembolsou R$ 105,1 milhão.

A Globo ainda ofereceu ao mercado quatro cotas mais baratas. Cada uma custa R$ 80,2 milhões e três já foram vendidas à cervejaria Heineken, à P&G e à Chevrolet.

Outros espaços menores com anúncios durante as provas bate e volta, durante as festas, como prêmio de permanência e como exposição no banheiro ou na cozinha da casa mais vigiada do Brasil foram compradas por empresas como a Hypera Pharma, McDonald’s, Above, Quinto Andar, Ademicon, PicPay, Doriana, Above e Pantene.

Compartilhe essa notícia